Entrevista com o arquiteto Ernesto Tuneu para a revista Referência Produtos de Madeira

08
DEZ

Publicado por: Ernesto Tuneu

Camuflada no meio de uma floresta de pinus, a casa é o refúgio ideal para reunir familiares e amigos em ambiente super-reservado.

Seja nos filmes que retratam um acampamento ou agora mais recentemente nos realities shows de sobrevivência na selva o ato de acender o fogo é fundamental para aquecer, confortar e transmitir segurança.

Inspirado neste conceito, o arquiteto uruguaio Ernesto Tuneu se baseou nas qualidades do elemento natural para projetar a Cabana do Bosque. O objetivo do profissional foi inserir o fogo em todos os espaços de convívio, seja em lareiras ou no fogão a lenha. “Acredito que isso mantém os ambientes aquecidos e motivam a família e amigos a ficarem unidos”, avalia.

A casa foi construída em meio a um bosque de Pinus elliottii que a família não queria destruir, assim retiraram apenas algumas árvores para dar espaço à casa. Ernesto conta que a cabana está a uma altura de 0,5 a 1,5 m (metros) do solo para dar livre passagem aos ventos, o que impede que a umidade do terreno atinja a estrutura, evitando erosões e preservando a paisagem original.

Veja mais informações no site da Revista Referência Produtos de Madeira.

RPM1Revista Referência Produtos Madeira.

RPM2Revista Referência Produtos Madeira.

RPM3Revista Referência Produtos Madeira.

RPM4Revista Referência Produtos Madeira.

RPM5Revista Referência Produtos Madeira.

RPM6Revista Referência Produtos Madeira.

RPM7Revista Referência Produtos Madeira.